AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

USAF libera nova imagem do seu futuro bombardeiro

B-21 Raider Imagem: USAF
image_pdfimage_print

A United States Air Force (USAF) liberou hoje uma imagem digital que mostra como será seu futuro bombardeiro B-21 Raider. A aeronave, com várias características ainda desconhecidas do público, deve entrar em serviço ainda nesta década para substituir inicialnente os B-1B Lancer e posteriormente os B-2 Spirit.

A concepção artística liberada nesta terça-feira (6 de julho) revela mais um projeto do tipo “asa voadora”, como o B-2. O objetivo é ser invisível aos radares e ter longo alcance para cumprir missões de ataque tanto com armamentos convencionais quanto nucleares.



A imagem combina o design digital com uma foto da Edwards Air Force Base, na Califórnia. Ali está o 420th Flight Test Squadron, que deve realizar os primeiros B-21. Uma segunda imagem havia sido liberada em janeiro do ano passado, daquela vez dentro de um hangar da Base Aérea de Ellsworth, na Dakota do Sul, que deve ser a primeira a receber os B-21, seguida depois das bases de Whiteman, no Missouri, e Dyess, no Texas. Uma primeira havia sido lançada com a aeronave em “voo”.

O B-21 tem dois requisitos principais: operar tanto com armamentos nucleares quanto convencionais e ter grande alcance
Imagem: USAF



A USAF também divulgou em seu site uma apresentação resumida sobre o B-21. Segundo o teto a missão é, ao lado dos longevos B-52, ter um papel relevante para garantir o poder aéreo dos Estados Unidos. A função primária é ser um “penetrating strike stealth bomber” com capacidade nuclear.

Foi afirmado que a a aeronave desenvolvida pela Northrop Grumman, com a participação da Pratt & Whitney, Janicki Industries, Collins Aerospace, GKN Aerospace, BAE Systems e Spirit Aerosystems, faz uso de sistemas de arquitetura aberta para possibilitar futuras modernizações. Segundo a USAF, o custo estimado em 2019 ficou na casa de US$ 639 milhões por unidade.

Já o nome “Raider” é uma homenagem ao histórico Doolitle Raiders, nome pelos quais ficaram conhecidos os militares do US Army (não havia USAF à época) que em 18 de abril de 1942 fizeram um ataque no Japão com bombardeiros B-25. A designação B-21 ressalta ser o primeiro bombardeiro norte-americano do século XXI.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Lançamento! ASAS 118! Garanta já a sua na pré-venda!

O Voo do Impossível

Parceiros