AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

USAF planeja chegar a 2025 com a menor frota da sua história

Caças F-15 e F-16 de versões mais antigas já estão em fase de aposentadoria nos Estados Unidos. Foto: Shannon Collins

O planejamento orçamentário da United States Air Force (USAF) para o período de outubro de 2024 a setembro de 2025 prevê chegar ao fim do próximo ano com a menor frota da sua história: 4.903 aeronaves. Para isso, ao longo deste período devem ser aposentadas pelo menos 250 aviões e helicópteros, incluindo 32 F-22 Raptor, 65 F-15C/D Fighting Falcon, 26 F-15E Strike Eagle, 56 A-10 Warthog e onze F-16C/D Fighting Falcon. O objetivo é concentrar recursos em projetos mais modernos, como o F-35 Lightning II e o F-15EX Strike Eagle II.

Para o mesmo período devem ser adquiridos mais 42 F-35A e 18 F-15EX, um número ainda abaixo da meta de incorporar pelo menos 72 novos caças a cada ano, um número alcançado a partir do cálculo de como aposentar modelos antigos sem causar perda da capacidade de realizar as missões necessárias. É possível que, ao passar pelo Congresso, o orçamento possa incluir compras adicionais. Além dos F-35A e F-15EX, devem ser adquiridos 15 KC-46, oito MH-139, sete T-7A e um C-40.

A lista de aposentadorias inclui ainda 12 helicópteros HH-60G, seis C-130H, um EC-130H, um par de CV-22, um E-11, 22 T-1 e 16 reabastecedores KC-135. Apesar de o quantitativo poder representar uma opção de ampla modernização de várias forças aéreas, informações divulgadas oficialmente pelo Pentágono indicam se tratar de aeronaves em fim de vida útil, algumas já praticamente sem condições de voo. No caso dos F-22, uma revenda é politicamente improvável.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho