AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

XMobots desenvolve sistema de gerenciamento de tráfego aéreo de drones

Fábrica da XMobots em São Carlos (SP) Foto: XMobots

A brasileira XMobots, maior empresa drones da América Latina, anunciou o pré-lançamento do sistema de gerenciamento de tráfego aéreo de drones (UAS) XUTM. O nome foi dado pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), que em 2019 conheceu a arquitetura, serviço e plano de implantação faseado de um UTM brasileiro.

Desde 2015 a XMobots pesquisa a integração de drones no espaço aéreo brasileiro. Além de desenvolver a tecnologia, é necessário estar alinhado às regras de controle em vigência no Brasil e aos padrões internacionais do setor. O pré-lançamento do XUTM foi feito pelo CEO da XMobots, , Giovani Amianti, durante o Drone Enable 2021, simpósio internacional promovido pela ICAO (The International Civil Aviation Organization).

“A XMobots está convencida de que o grande salto em direção ao desenvolvimento do mercado de drones depende diretamente da construção de um sistema UTM seguro e fácil de usar. É exatamente isso que estamos acelerando para o Brasil”, salienta Giovani Amianti. Na prática, o resultado vai permitir uma autorização rápida e automática de voos realizados abaixo de 400 pés de altura.

Ele explica que ao contrário de alguns projetos de UTM já apresentados em alguns países do mundo – extremamente futuristas, abordando realidades diferentes da atual aplicabilidade dos drones -, o BR-UTM e o XUTM foram construídas com base em cenários mais realistas e, principalmente, compatível com as demandas atuais de uso de drones profissionais no Brasil. “As fases 0, 1 e 2 terão como foco voos VLOS e BVLOS abaixo de 400 pés para as áreas agropecuária, ambiental, inspeção e segurança pública, envolvendo tanto a cadeia tripulada quanto não tripulada”, explica o CEO da XMobots.

A apresentação do XUTM no Drone Enable 2021 está disponível na página do XUTM, no site da XMobots – www.xmobots.com.br/xutm.