AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

A380 pode se tornar “vítima” do Corona Vírus

Airbus A380 da Emirates
A maior operadora do A380 foi também a que definiu o seu fim

O maior avião de passageiros em operação no mundo deve ter a carreira encerrada de vez com a epidemia global do novo Corona Vírus. Com fim de produção, por enquanto, marcado para 2021, o avião é um dos primeiros a ser parado pelas companhias aéreas durante a crise.

China Southern, Korean Airlines, Qantas, Emirates, Lufthansa e Air France já pararam aeronaves A380. Como tem maior oferta de assentos, voos com baixa ocupação causam um prejuízo maior quando operados pelo A380.

Os voos ainda em serviço no mundo operam aeronaves menores, que com um número mais limitado de passageiros já podem ser realizados sem causar prejuízos.

A aviação mundial está em compasso de espera. A Airbus, que já havia interrompido a montagem do modelo A320 na China, também paralisou as fábricas na Europa.

Assine Asas!

Parceiros