AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Atraso da Boeing causa retorno do Airbus A380 para Lufthansa

O anúncio da companhia aérea alemã Lufthansa de que vai retomar a operação dos jatos quadrimotores Airbus A380 é uma péssima notícia para a Boeing. A companhia norte-americana enfrenta atrasos na certificação do 777X, que inicialmente teve a sua vida operacional planejada para 2020 e agora é esperada apenas para 2025.

Cliente de lançamento do 777X, com 27 unidades encomendadas em 2013, a Lufthansa viu o aumento da demanda por voos internacionais se tornar acima do planejado, e anunciou hoje o retorno de parte da frota de Airbus A380. Das 14 unidades estocadas na França e na Espanha, seis foram vendidas. Porém, não foi anunciado quantas voltarão a voar com as cores da companhia, apenas quando: verão de 2023.

A Lufthansa recebeu seu primeiro A380 em 2011 em uma configuração de 509 assentos em três classes, sendo oito na primeira, 98 na executiva e 403 na econômica. Toda a frota havia sido paralisada em 2020, no início da pandemia de covid-19.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho