AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

China vai promover seu cargueiro Y-20 para o mercado global

Com capacidades comparáveis ao norte-americano C-17, da Boeing, o Xi’an Y-20 Kunpeng deverá começar a ser apresentado para potenciais clientes estrangeiros. Um porta-voz do ministério da defesa da China afirmou que a aeronave será apresentada, pela primeira vez, em um show aéreo internacional. Não foi informado em qual país isso ocorrerá.

Em serviço com a força aérea da China desde 2016, a aeronave começou a ser cada vez mais vista em outros países. Nesta semana, um Y-20 foi ao Paquistão carregado de ajuda humanitária para as vítimas das enchentes que atingem o país. Em junho, seis deles foram para o Afeganistão, também em ajuda humanitária, após um terremoto por lá. O mesmo se repetiu no Tonga, em janeiro.

Chegada de vacinas de covid-19 nas Filipinas a bordo de jato Y-20. Foto: Avito C Dalan

Já o aeroporto Nikola Tesla, em Belgrado, na Sérvia, viu em abriu seis Y-20 chegarem com um carregamento mais belicoso: um sistema de defesa antiaérea FK-3. E Taiwan alega, em 2021, ter detectado pela primeira vez um Y-20U, a suposta versão de reabastecimento em voo. No mesmo ano, jatos Y-20 voaram para transportar vacinas CoronaVac, da empresa SinoVac, no combate à pandemia de covid-19. A frota de mais de 30 aeronaves já em serviço na China também foi usada no esforço logístico para o combate à doença.

Desenvolvido pela Xi’an Aircraft Industrial Corporation, o Y-20 pode levar até 66 toneladas de carga útil, quase o triplo de um KC-390. Seus quatro motores Shenyang WS-20 permitem um voo com velocidade de cruzeiro de 630 km/h, com alcance podendo chegar a 10.000 km.

LEIA TAMBÉM:

China comemora 5 anos de operação do Y-20

China vai apresentar seu novo avião de reabastecimento

China avança na comercialização de aeronaves

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho