AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

EUA demonstram flexibilidade estratégica do KC-46

KC-46 recebe combustível de outro KC-46 em voo. Foto: USAF

Um KC-46 A Pegasus da United States Air Force realizou entre os dias 16 e 17 de novembro uma missão para demonstrar o poder logístico. Foram 16 mil milhas náuticas cobertas, cerca de 29 mil quilômetros.

Aeronave decolou na manhã do dia 16 da Base de Aére de Pease, no estado de New Hampshire, e rumou ao Oeste. Depois de cruzar inteiramente o território continental dos EUA, prosseguiu ao Havaí, onde reabasteceu caças F-22 Raptor.

De lá, o KC-46 A foi até a Ilha de Guam, onde passou pela linha internacional da data. Depois, a aeronave deu meia volta e retornou à base de origem, onde pousou no fim da tarde do dia 17, 36 horas após a decolagem.

Foto: USAF

Além de ter sido reabastecido três vezes ao longo do voo, o KC-46 A voou com três tripulações completas, que se revezaram ao longo do voo. A USAF elogiou as possibilidades oferecidas pelo jato da Boeing para o descanso dos militares, o que permite proporcionar um descanso efetivo.

Em uma situação de conflito, um KC-46 A pode ser capaz de apoiar longos deslocamentos de aeronaves de combate até uma zona de conflito distante. Em 1999, por exemplo, bombardeiros B-2 Spirit realizaram missões de 30 horas para atacar alvos nos Balcãs, o que demandou grande esforço da frota de reabastecedores.

LEIA TAMBÉM:

USAF vai testar KC-46 sem copiloto

F-15EX e KC-46A vão estrear novas tecnologias na USAF

Apesar de tudo, começa a história do KC-46A Pégasus

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho