AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Impressora 3D produz peças para novo caça chinês

O J-35 deve se tornar o principal caça naval da China

Desenvolvido para ser o futuro caça stealth e multifunção da China, com capacidade para ser lançado de porta-aviões, o J-31 tem “vários” dos seus componentes produzidos em impressoras 3D, de acordo com a própria indústria aeroespacial do país. Não foram espeficiados quais seriam os itens.

A Shenyang Aircraft Company, parte do grupo Aviation Industry Corporation of China (AVIC), já é conhecida por produzir desde os antigos J-5 até os mais modernos J-16. A aposta agora é a de que o novo método de produção acelere a linha de montagem do J-31 e reduza custos.

Também chamado de FC-31, o J-31 Gyrfalcon voou pela primeira vez há mais de dez anos, em outubro de 2012. Com dois motores WS-19, deve ser supersônico e levar até oito toneladas de carga útil, entre armamentos ar-ar e ar-superície. A versão naval é designada J-35.

LEIA TAMBÉM:

China apresenta novo porta-aviões com capacidade para lançar caças com mais carga bélica

Voa pela primeira vez caça stealth chinês capaz de operar em porta-aviões

A350 irá voar com componentes produzidos em impressora 3D

Sucessor do Concorde terá peças feitas em impressora 3D

Gripen danificado em combate poderá ser reparado na linha de frente

USAF inova na manutenção do F-22

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho