AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Europa e EUA exigem nova tecnologia para segurança de aeronaves

Não são todas as aeronaves que poderão voar para os Estados Unidos e para a Europa em 2020. Desde 1º de janeiro (nos EUA) e a partir de 7 de junho (na Europa), torna-se obrigatória a a instalação do sistema de vigilância chamado ADS-B.

Sigla do inglês Automatic Dependet Surveilance – Broadcast, o ADS-B é uma tecnologia de vigilância na qual uma aeronave determina sua posição via navegação por satélite e a transmite periodicamente para estações de solo, permitindo que seja rastreada pelo sistema de controle do espaço aéreo. O resultado é um aumento da segurança.

No Brasil, o ADS-B está em operação desde 2018 na Bacia de Campos, onde há tráfego de helicópteros entre o continente e plataformas de exploração de petróleo. Uma das vantagens do sistema é ampliar a visualização em áreas onde a operação dos radares tem eficiência reduzida, como em montanhas, sobre o Oceano ou à baixa altura.