AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

FAB faz faz estreia do MX-15

Foto: Paulo Rezende / Força Aérea Brasileira
image_pdfimage_print

A Força Aérea Brasileira anunciou a estreia operacional do sensor eletro-ótico MX-15, instalado em uma aeronave de reconhecimento R-99. As primeiras missões acontecem no contexto da Operação Samaúna, realizada neste mês para combater o desmatamento ilegal e os incêndios florestais nas terras indígenas e nas unidades federais de conservação ambiental, na região norte do País.

Os três R-99 da Força Aérea Brasileira devem receber o sensor, desenvolvido pela canadense Wescam, empresa do grupo L3 Harris. De acordo com o fabricante, o MX15 pode operar no modo diurno, termal e sob baixa iluminação, com as câmeras instaladas em uma torreta estabilizada em quatro eixos.

LEIA TAMBÉM: FAB recebe primeiro avião-radar modernizado

“Os sensores anteriores limitavam o voo a baixas altitudes e com qualidade inferior de imagem. Hoje, voamos mais alto e ainda conseguimos obter imagens com qualidade muito superior, permitindo a furtividade da aeronave”, explicou o Comandante do Esquadrão Guardião, Tenente-Coronel Santos.

O sistema da Wescam também é uma das novidades da Embraer para o Super Tucano. Os mais recentes exemplares sendo entregues já estão equipados com o MX-15D, versão que inclui um designador de alvos. A nova torreta eletro-ótica giroestabilizada faz parte agora das propostas da Embraer para exportação da aeronave, uma das iniciativas para oferecer soluções com desempenho superior.

Lançamento! ASAS 119! Garanta já a sua na pré-venda!

O Voo do Impossível

Parceiros