AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Guarulhos será o pioneiro no programa “Aeroportos+Seguros”

Aeroporto de Guarulhos

O Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, será o primeiro a receber o programa “Aeroportos+Seguros”, lançado pelo Governo Federal para aumentar o nível da segurança aeroportuária no país. As medidas deverão ser adotadas em até 18 meses e serão investidos no terminal cerca de R$ 40 milhões. 

Em Guarulhos, serão instaladas novas câmeras de monitoramento; haverá a identificação com chave de acesso individualizada ao sistema de bagagem no terminal internacional do aeroporto; acesso biométrico de funcionários nas áreas restritas; oito aparelhos de detecção de explosivos; três novos scanners corporais e seis novos equipamentos de raios-x. Também será implementado o acesso biométrico de funcionários nas áreas restritas e/ou controladas nos demais terminais; reforço no sistema de monitoramento; reforço de segurança na inspeção de passageiros; aumento da proteção e inspeção das bagagens despachadas.

A partir da experiência com o terminal paulista, as medidas incrementais de segurança deverão ser implementadas em outros grandes terminais aeroportuários do país.  O programa é uma parceria entre a Agência Nacional de Aviação (ANAC), Polícia Federal, Receita Federal do Brasil e os ministérios de Portos e Aeroportos e da Justiça e Segurança Pública.

Aeroporto de Guarulhos – Foto Rovena Rosa – Agência Brasil

“É fundamental aumentar a segurança nos nossos aeroportos. Mesmo quando concedidos, a responsabilidade é de todos. O Governo Federal está fazendo a sua parte nesta soma de esforços para evitar situações como o lamentável episódio da troca de malas que envolveu duas brasileiras, ocorrido recentemente”, destacou o ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França. França frisou que, além de coibir a prática de crimes, como o tráfico de drogas, a iniciativa vai proporcionar maior sensação de segurança para passageiros e funcionários que trabalham. “Se é verdade que temos uma das aviações mais seguras do mundo, é também verdade que a política tem que estar sempre se atualizando. Esse aprimoramento é dever nosso”, disse o ministro.

Para o diretor-presidente da ANAC, Tiago Pereira, o programa “Aeroportos+Seguros” chega para reforçar um trabalho que a Agência já vem aprimorando nos últimos anos, mas que, agora com a iniciativa, tende a acelerar a atualização dos terminais brasileiros e elevá-los ao que há de mais moderno em tecnologia aeroportuária. “Nossa aviação já é considerada uma das mais seguras pela comunidade internacional e, agora, estamos agregando ao setor a última palavra em tecnologia contra atos de interferência ilícita”, reforçou o dirigente.

(Com informações da Agência Brasil)

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho