AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Itália apresenta simulador de helicópteros com tecnologias inovadoras

A Guardia di Finanza, polícia especializada do Ministério de Economia e das Finanças da Itália, inaugurou nesta quinta-feira (2 de fevereiro), o seu Centro de Simulação de Operações Aeronavais durante uma cerimônia oficial que contou com a presença de representantes institucionais e da empresa Leonardo. O novo centro começou a ser desenvolvido pela empresa em 2020. Com base nos requisitos do cliente, utiliza as tecnologias mais avançadas e inovadoras no campo da simulação e visa treinar as tripulações da Guardia di Finanza que realizam operações aeronavais.

O novo centro, único na Europa, integra sistemas avançados de simulação de rede em um único ambiente. Os simuladores refletem totalmente os helicópteros e aviões da Leonardo, que foram recentemente adquiridos pela Guardia di Finanza e que são usados para uma série de funções operacionais, além dos sistemas de missão de bordo da empresa, usados entre outros para vigilância e identificação. Foram incluídos ainda um simulador de cenários, também desenvolvido pela Leonardo e capaz de gerar virtualmente um ambiente onde plataformas e pessoal colaboram em uma única missão, um simulador de painel de instrumentos de embarcações, que também introduz navios em ambiente marítimo e foi desenvolvido em colaboração com a Cetena (empresa que faz parte da também italiana Fincantieri), e um centro de comando terrestre que coordena as operações.

Os novos simuladores de ‘mini movimento’ dos helicópteros AW169/AW139 e das aeronaves P-72B, designados como Dispositivo de Treinamento Avançado (ETD e-Motion), reproduzem o desempenho, os aviônicos e os cockpits com alta fidelidade e são capazes de fornecer um feedback físico adequado para os tripulantes graças aos atuadores integrados na plataforma. O treinamento do piloto é complementado pelo treinamento da tripulação traseira nas situações que utilizam o sistema de missão Leonardo ATOS (Airborne Tactical Observation and Surveillance) para o AW139 e P-72B, assim como em operações de elevação de cabine, graças a uma realidade virtual altamente imersiva em missões de busca e salvamento.

Graças a essas capacidades de simulação, a equipe da Guardia di Finanza será treinado em um ambiente capaz de refletir com extremo realismo a interoperabilidade normalmente exigida nos cenários multidomínio, atuais e futuros, exatamente como aqueles onde a Guardia di Finanza realiza suas missões de segurança, vigilância, patrulha e resgate.

O centro é uma Organização de Treinamento Aprovada pela EASA e obteve um Certificado de Treinamento de Aeronaves Pilotadas Remotamente da ENAC (a autoridade de aviação civil da Itália). O centro está localizado no hangar ‘L’ da Base Aérea, foi adaptado com o apoio da Leonardo e está totalmente integrado à rede global da Academia de Treinamento de Helicópteros Leonardo. A Leonardo Training Academy liderou a iniciativa, trazendo o mais alto padrão internacional de treinamento de voo e de missão ministrado pelas diversas áreas de negócios da empresa.

Esta iniciativa é o resultado do forte apoio da Guardia di Finanza ao uso de simulação de treinamento e às capacidades industriais e tecnológicas relevantes da Leonardo, que integram asa fixa e rotativa, eletrônica e de sensor, além do treinamento e experiência em desenvolvimento e o uso de “gêmeos digitais”. Com o novo centro, a Guardia di Finanza se torna uma referência para outros players, italianos e internacionais, com forte foco na operabilidade integrada em cenários complexos, e a Leonardo reafirma seu compromisso com o desenvolvimento e fornecimento de soluções de treinamento tecnológico avançado para organizações de segurança em todo o mundo.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho