AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

JF-17 abateu um MiG-21 e um Su-30 em 50 segundos?!

JF-17 ostenta marca de um Su-30 abatido. Terá sido realidade?!
image_pdfimage_print

50 segundos. Esse teria sido o tempo suficiente para um caça paquistanês JF-17 Thunder abater um MiG-21 e um Su-30 da Índia.

Pelo menos é isso o que mostra um documentário de 13 minutos produzido pela TV do Paquistão. O programa “Pakistan Explorer”, uma espécie de “Globo Repórter” local, lançou o vídeo poucos dias após os combates aéreos realizados na região.

O suposto sucesso operacional do JF-17 não é reconhecido pela Índia. Segundo o país vizinho, apenas um MiG-21 foi abatido, e por um caça F-16.

Analistas internacionais também duvidam do sucesso do JF-17. Mas, de todo modo, o Paquistão sustenta a sua versão.

Assista ao documentário (em inglês):

Curiosamente, o foco principal da reportagem é mostrar o desenvolvimento da aeronave e suas capacidades. Anunciar o primeiro abate feito por um caça JF-17 pode ser uma tentativa de colocar em evidência a aeronave fabricada nacionalmente, mas que até agora não tem tido sucesso comercial.

Desenvolvido pela Pakistan Aeronautical Complex (PAC) e a Chengdu Aircraft Corporation (CAC) da China, o caça sequer entrou em serviço na força aérea chinesa. Além das mais de 100 unidades em uso no Paquistão, houve encomendas de apenas 16 para Myanmar e três para a Nigéria.

No ano passado, um JF-17 fez uma demonstração no show aéreo de Radom-Sadku, na Polônia. A proposta apresentada no evento era que o JF-17 seria ideal para substituir os MiG-29 poloneses por menos da metade do preço de um F-16.

JF-17 no Paris Air Show de 2015. Apesar dos esforços, o caça não tem sido um sucesso comercial

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros