AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Primeira aparição pública do H160M

H160M deve ser utilizado pela França, mas há grandes expectativas sobre exportações
image_pdfimage_print

A Airbus Helicopters apresentou nesta semana no Paris Air Show o mockup do H160M Guépard. A aeronave deve substituir os Fennecs, Gazelles, Aloutte III, Dauphin e Panther das forças armadas francesas. O projeto é conhecido pela sigla HIL – Hélicoptère Interarmées Léger, ou helicóptero leve de uso conjunto das forças armadas.

O mockup apresenta um míssil anti-navio Sea Venom, da MBDA, e um canhão de 20mm. Ainda em fase de desenvolvimento, o H160M tem chamado a atenção, isso porque o governo francês decidiu acelerar e ampliar o projeto. O lançamento foi adiantado em um ano, para 2021, e as primeiras entregas devem ocorrer em 2026. Antes estavam previstas para 2028. A encomenda de 169 unidades também incorpora 15 unidades adicionais.

O H160M Guépard é um desenvolvimento do modelo civil H160, anteriormente conhecido como X4. Desde o lançamento do projeto civil, em 2011, a empresa trata o modelo como um “game changer”: vai ter maior disponibilidade, menor vibração, menor ruído e controle facilitado com o fly-by-wire. Os processos de desenvolvimento, produção e suporte se valem de ensinamentos colhidos com o Airbus A350, jato de passageiros mais moderno da empresa.

Essas características tornam o H160 a base da Airbus para um helicóptero militar multimissão. Em 2017 foram iniciados os trabalhos para criar a versão para as forças armadas. O H160M deverá ser capaz de voar missões de reconhecimento armado, apoio de fogo, ataque naval com mísseis, defesa aérea, infiltração de forças especiais, busca e salvamento, evacuação médica e inteligência.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros