AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Litening e RecceLite reforçam caças leves de Israel

O M-346FA é a versão de combate do treinador M-346
image_pdfimage_print

Os 30 treinadores M-346 Lavi da Força Aérea de Israel vão se tornar aptos a auxiliarem a força de mais de 300 caças F-15, F-16 e F-35 nas missões operacionais. Os jatos adquiridos para missões de treinamento avançado vão receber os pods Litening e RecceLite, utilizados para tarefas como reconhecimento, inteligência e designação de alvos.

Usado por 27 forças aéreas, inclusive a brasileira, o Litening permite direcionar armamentos como bombas guiadas a laser. Também fornece imagens de alta resolução, visuais ou termais, além do alcance da visão humana. Os M-346 vão usar a versão Litening 5.

Já o RecceLite, com 13 países usuários no mundo, inclusive o Brasil, que o emprega nos caças de ataque A-1 AMX, consegue até automaticamente identificar alvos, por meio de ferramentas de inteligência artifical. Em tempo real, o RecceLite consegue identificar ameaças, classificá-las e enviá-las para o tripulante da aeronave ou mesmo para uma estação em solo.

CLIQUE PARA LER A REPORTAGEM “AMX – O FUTURO DO PASSADO”

Com os dois pods, uma aeronave pode assumir novos papéis estratégicos. Não foi especificado, porém, se Israel pretende utilizar seus jatos leve Lavi nas missões operacionais ou se o uso desse tipo de equipamento já fará parte do treinamento dos pilotos de caça israelenses desde a sua formação.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Sobre o autor

Redação

Comentar

Clique aqui para comentar

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros