AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Pandemia faz “turnaround” de companhia aérea crescer 50%

image_pdfimage_print

O reforço na limpeza dos jatos A220-300 da Air Baltic fez a companhia registrar um aumento de 50% no tempo de solo entre os voos, chegando a 60 minutos.

O resultado é uma menor eficiência na operação da frota: de acordo com o Martin Gauss, chefe da companhia, é como se 16 aviões fizessem o trabalho que poderia ser executado por onze. Uma das aeronaves que estava parada por conta da baixa demanda voltará a voar para ser possível cumprir a malha aérea proposta.

Pertencente ao governo da Letônia, a Air Baltic conta com uma frota de 22 jatos Airbus A220-300, tendo sido o primeiro cliente do novo modelo. A configuração interna é curiosa: a maior parte da cabine é do tipo “ultra-low-cost economy”, sem nenhum tipo de serviço, mas as primeiras fileiras compõem uma classe executiva.

Todas as operações da Air Baltic ficaram interrompidas entre 17 de março e 18 de maio por conta da pandemia de Covid-19.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros