AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Rafale ganha mais um cliente: a Croácia

Foto: Alan Wilson

Nem Gripen, nem F-16, nem Eurofighter. O Rafale será o futuro caça da Croácia. O país assinou com o governo da França a compra de 12 unidades de segunda-mão, a serem retirados diretamente das unidades da Armée de l’Air. O contrato foi assinado em 25 de novembro.

Serão dez caças Rafale no padrão F3-R, o mais avançado, e mais dois biplaces para formação operacional. O objetivo inicial da Croácia é substituir os doze MiG-21 ainda em serviço no país.

A vitória francesa superou propostas oferecidas tanto por caças usados quanto novos. A opção por aeronaves de tecnologia mais avançada é uma resposta à Sérvia, país com quem a Croácia mantém uma rivalidade regional, e que recebeu caças MiG-29 da Rússia e da Bulgária.

Sobre o autor

Humberto Leite

Comentar

Clique aqui para comentar