AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Rússia reforça frota de bombardeiros estratégicos

Dois bombardeiros estratégicos Tupolev Tu-160 Blackjack saíram das instalações da United Aircraft Corporation, em Kazan, no fim de dezembro, para o início dos testes de aceitação. Uma delas,com número de série 2-02, passou por um processo de upgrade para o novo padrão M. Já a segunda, 9-01, é totalmente nova, sendo designada como padrão M2.

As principais mudanças nos Tu-160 modernizados incluem a atualização dos sistemas e a adoção dos novos motores NK 32-02 que, dentre outas vantagens, fez o alcance máximo serampliado em 1.000 km. Já são quatro Tu-160 modernizados para o padrão M desde 2020.

Tupolev Tu-160 M2

Enquanto isso, foram adquiridos dez novas aeronaves, padrão M2, em um contrato assinado em 2018 no valor de 160 bilhões de rublos, cerca de 2,2 bilhões de dólares. O primeiro voo ocorreu em janeiro de 2022. Já são três células prontas, agora envolvidas na fase de testes de voo. O governo russo chegou a anunciar um plano para modernizar as 16 unidades em serviço e construir 50 novas.

Até o momento, a partir de 1984 foram construídas 27 aeronaves, além de nove protótipos. A entrada em serviço ocorreu em abril de 1987, já no fim da União Soviética. Além da Rússia, a frota também foi herdada pela Ucrânia, que ficou com 19 unidades. Uma delas está atualmente em um museu, oito foram repassadas para a Rússia em uma negociação por dívidas e o restante foi destruído a partir de um acordo com os Estados Unidos.

Confira mais detalhes do Tu-160 no Documento Asas!

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho