AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Turquia mais próxima de caças russos

Foto: United Aircraft Corporation

Se antes a Turquia caminhava para operar caças F-35A, de origem norte-americana, o país está cada vez mais próximo de adquirir os caças russos Sukhoi Su-57. O presidente Recep Tayyip Erdogan esteve hoje na feira aeroespacial MAKS 2019, realizada em Moscou, e conheceu de perto a mais nova aeronave de combate russa. E próprio presidente Vladimir Putin, acompanhado do seu ministro da indústria, conduziu a visita do colega turco.

A notícia chega no momento em que a Rússia iniciou a produção em série dos caças Su-57. Furtivo e comparável ao F-22, é a aeronave de combate mais avançada já produzida na Rússia.

Os dois líderes também conheceram o caça multifuncional Su-35 e o jato de transporte MC-21-300, que tem expectativa de entrada em serviço em 2020. De acordo com a agência de notícias russa Interfax, as conversações para a aquisição dos caças estão bastante avançadas.

Foto: United Aircraft Corporation

Membro da OTAN, a Turquia vive uma crise política internacional. O presidente Erdogan é apontado por líderes ocidentais como um ditador, enquanto ele se defende dizendo que sofreu tentativas de golpe de estado.

A compra de mísseis antiaéreos russos S-400 foi a gota d’água na estremecida relação militar. Os EUA disseram que a operação do sistema russo era incompatível com a operação dos F-35, que já haviam sido encomendados. O temor é que russos passassem a ter acesso a informações do mais moderno caça ocidental. Com o ultimado de Trump de que a Turquia deveria optar pelo caça americano ou pela defesa antiaérea russa, Erdogan preferiu a segunda opção.

Exibição do Su-57 no MAKS2017

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho