AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Airbus A350 vai acabar com o A380 na Emirates

Airbus A380 da Emirates
A maior operadora do A380 foi também a que definiu o seu fim
image_pdfimage_print

Durante o Dubai Air Show, o anúncio da Emirates de que irá comprar de 40 Airbus A350-900 e 40 A330-900 foi encarado mundialmente como o golpe final no A380.

Maior usuária do A380 no mundo, tendo também sido a segunda companhia a receber a aeronave, ainda em 2008, a Emirates decidiu reduzir sua encomenda de 162 para 123 aeronaves. Isso significará, na prática, o encerramento da linha de produção do A380.

LEIA MAIS: O fim do A380

A companhia árabe chegou a falar em encomendas extras de até mais 200 unidades, mas isso nunca ocorreu. Pelo contrário: globalmente o A380 nunca alcançou os números estimados pelo Airbus, de até 1.200 aeronaves voando ao redor do mundo.

A troca de A380 por A330 de nova geração e A350 se justifica pela relação de custo-benefício. Mesmo assim, ainda vai ser possível ver o A380 em operação nos anos 20 e 30.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros