AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Airbus anuncia desenvolvimento de novo jato militar

image_pdfimage_print

O mercado de jatos leves de combate e treinamento avançado está aquecido. Além do italiano M346 Eagle, do russo Yak-130 Mitten, do tcheco L-159, do chinês L-15 Falcon, do também chinês K-8 Karakorum, do norte-americano T-7 Red Hawk, do sul-coreano T-50 Golden Eagle e do taiwanês T-5 Brave Eagle, a Airbus anunciou sua intenção de lançar o Airbus Future Jet Trainer (AFJT).

O objetivo inicial é conquistar os 300 milhões de Euros que a Espanha pretende investir para substituir seus treinadores avançados F-5A/B e C-101, uma venda de até 55 aeronaves. O projeto prevê que seria possível até substituir parte dos treinamentos hoje realizados nas versões biplace do F-18 e do Eurofighter. No futuro, o AFJT poderá complementar FCAS, futuro caça europeu.

De acordo com a Airbus, o mercado para a aeronave pode chegar a até 800 aeronaves em todo o mundo. A tendência é que o projeto da empresa, assim como seus concorrentes, tenha desde versões desarmadas voltadas para treinamento de voo até versões armadas, preparadas para missões de combate.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros