AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Avião-bombeiro da FAB já está em Rondônia

Imagem compartilhada nas redes sociais. Nem a FAB nem o Ministério da Defesa confirmaram a missão até o momento
image_pdfimage_print

A Força Aérea Brasileira já está pronta para atuar no combate aos incêndios florestais na região amazônica. Um avião C-130 Hércules equipado com sistema de lançamento de água saiu da Base Aérea do Galeão (Ala 11, no Rio de Janeiro) e já está na Base Aérea de Porto Velho (Ala 6), em Rondônia, para cumprir a missão. A aeronave é do 1º/1º GT, Esquadrão Gordo. Um segundo avião do mesmo modelo apóia o trabalho.

A informação não foi confirmada até o momento nem pela assessoria de imprensa da Força Aérea nem pela do Ministério da Defesa, porém, militares da FAB postaram mensagens e até imagens nas redes sociais para se mostrarem prontos para a missão. Os voos já aconteceriam a partir deste fim de semana, dependendo apenas de ordem superior.

Lançamentos de água a partir de aeronaves só podem ocorrem após coordenação com eventuais bombeiros e brigadistas em solo, pois o volume de líquido é tão grande que pode colocar pessoas em solo em risco. Em um único sobrevoo podem ser lançados até 12 mil litros de água. Esse volume também pode ser dividido para várias passagens sobre o fogo.

O sistema de combate a incêndio, também conhecido pela sigla MAFFS (Modular Airborne Fire Fighting System), é composto por cinco tanques de água. Dois tubos projetam-se pela porta traseira do C-130 e, a uma altitude média de 150 pés (cerca de 46 metros de altura), despejam água sobre as áreas previamente determinadas.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros