AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Brasil assina acordos para ampliar destinos das companhias aéreas

Companhias aéreas brasileiras poderão voar para Antígua e Barbuda, no Caribe. Foto: David Stanley

Companhias aéreas brasileiras poderão voar para os aeroportos de Uganda, na África, e de Antígua e Barbuda, país insular  membro da Commonwealth e considerado como paraíso turístico no Caribe. A expansão será possível por meio de entendimentos internacionais assinados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), em dezembro.

A ANAC também renovou sua documentação com Áustria, Itália e Islândia. A Arábia Saudita também foi contemplada, atualizando os termos de um acordo antigo. Brasil e Turquia também acordaram o fim do limite do número de voos. Com o Catar e os Emirados Árabes Unidos, ficaram acertados o fim dos limites para serviços mistos e de carga. Já os acordos com República Tcheca e Omã ainda estão em fase de ratificação.

Os acordos foram assinados  durante a 15ª Edição do Air Services Negotiation Event (ICAN) 2023, realizada na Arábia Saudita. Os textos dos Acordos de Serviços Aéreos (ASAs) também estipulam o direito das companhias aéreas desses países de operarem no Brasil.

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho