AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

China vai iniciar produção de novo motor para seus caças

A sétima edição do evento China Aviation Innovation and Entrepreneurship Competition (CAIEC) teve como uma das principais novidades o anúncio da China’s Aero Engine Corporation of China (AECC) de que será iniciada a produção em massa dos motores WS-15. O foco será equipar os caças stealth Chengdu J-20.

De acordo com informações já divulgadas pela imprensa chinesa, com esse novo motor, o J-20 ganhará capacidade de supercruzeiro, o que significa voar supersônico mesmo sem uso de pós-combustão, graças ao empuxo “seco” de até 23 mil lbf, podendo superar 40 mil com o afterburner. Atualmente, o J-20 utiliza o motor WS-10, menos potente.

Vale ressaltar a batalha da indústria chinesa para fazer o projeto dar certo. O desenvolvimento foi iniciado ainda nos anos 90 e em 2006 foram realizados os primeiros testes. Porém, foram enfrentados problemas de desenvolvimento, boa parte deles relacionado ao superaquecimento de componentes durante a operação do WS-15 com sua potência máxima.

Em teoria, o motor é comparável ao norte-americano Pratt & Whitney F119, dos caças F-22 Raptor, e ao russo Saturn AL-41, dos Sukhoi Su-35 e Su-57.

LEIA TAMBÉM:

Caças J-20 chineses vão voar com esquadrão que combateu a USAF

J-20 Dragon ganha prêmio de agência “anti-pirataria”

Caças stealth chineses enviados para região próxima a Taiwan

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho