AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Emirados Árabes embarca no projeto do caça KF-21 Boramae

O governo dos Emirados Árabes Unidos se comprometeu a investir no desenvolvimento do KF-21 Boramae, novo caça desenvolvido na Coreia do Sul. O novo parceiro deve substituir, pelo menos em partes, a Indonésia, que havia se comprometido em financiar 20% do projeto, mas não fez os pagamentos previstos.

Já com cerca de 50 caças F-16 Block 60 e 60 Mirage 2000 em serviço, além de esperarem para iniciarem a operação de 80 Rafale, da última versão, a força aérea dos Emirados Árabes Unidos se viu sem conseguir seu plano para aquisição de caças de quinta geração F-35. Isso porque o país tem visões sobre a China contrárias às posições norte-americanas.

Agora, o investimento no KF-21 pode representar a chance de dar um novo passo tecnológico, ainda que sem o acesso ao desejado caça de quinta geração. O Boramae tem sido descrito como uma aeronave de “geração 4.75”, por possuir muitas das características da quinta geração, como sistemas integrados, porém não tem características stealth. A própria Coreia do Sul, em paralelo ao desenvolvimento do seu caça nacional, adquiriu o F-35.

LEIA TAMBÉM:

Flanker, Rafale, Mirage, KF-21, F-16 e F-15: Indonésia investe em diversidade na sua força aérea

KF-21 demonstra capacidade de lançar míssil IRIS-T

Voa primeiro KF-21 biplace

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho