AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Eurofighters com 60% da vida útil ficarão disponíveis no mercado

Foto: Peter Gronemann
image_pdfimage_print

O Reino Unido planeja até 2025 retirar de serviço seus 30 caças Eurofighter Typhoon do Tranche 1, versão inicial com menores avanços tecnológicos. O plano era voá-los até 2040, mas foi decidido concentrar o orçamento nas versões mais recentes.

Na prática, os 30 caças devem ficar disponíveis para o mercado de venda de usados com cerca de 60% da vida útil estimada das células ainda à disposição. Aeronaves dessa mesma versão também voam com as cores da Espanha, da Itália e da Alemanha, que também avaliam a revenda. Já a Áustria conta apenas com 15 Eurofighter Typhoon, e tem tido dificuldades orçamentárias para voar os jatos.

No mercado, o Eurofighter Typhoon Tranche 1 pode ser apresentado como uma possibilidade para países que buscam revitalizar suas forças aéreas, mas sem recursos para grandes investimentos. Um dos principais focos atuais é a Colômbia.

Lançamento! ASAS 119! Garanta já a sua na pré-venda!

O Voo do Impossível

Parceiros