AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Gol e Avianca formam grupo Abra; como será a frota?

A brasileira Gol e a colombiana Avianca devem firmar um acordo para criarem um novo grupo empresarial, a ser chamado de Abra. Por enquanto, porém, não haverá mudanças na operação. A gestão deve ser modificada no segundo semestre deste ano.

O comunicado emitido pelas empresas afirma que neste momento as operações continuarão independentes enquanto “se beneficia de maior eficiência e investimentos feitos pelo mesmo grupo controlador”. A proposta é formar o maior grupo de transporte aéreo da América Latina. Curiosamente, a sede será no País de Gales.

O presidente executivo do Grupo Abra será Constantino de Oliveira Junior, atual presidente do conselho de administração da Gol. O presidente conselho de administração do Grupo Abra será Roberto Kriete, cofundador da Avianca Holdings.

Boeing 737 Max 8 da Gol

“O Abra fornecerá uma plataforma para que as companhias aéreas operacionais reduzam ainda mais os custos, obtenham maiores economias de escala, continuem a operar uma frota de aeronaves de última geração, e expandam suas rotas, serviços, ofertas de produtos e programas de fidelidade”, diz o comunicado.

A Avianca colombiana, oficialmente Avianca Holdings, não possuía gestão direta sobre a Avianca do Brasil. Porém, também já teve problemas econômicos, tendo entrado em recuperação judicial nos Estados Unidos, em 2020. A companhia colombiana tem uma história centenária, tendo sido fundada em dezembro de 1919.

A Gol informou ao mercado que o negócio não vai significar a compra de ações dos proprietários minoritários, pois a criação do grupo Abra não significará alienação ou transferência de controle acionário. Na prática, as ações da Gol não envolvidas.

Aeronaves

A Avianca possui uma frota de 110 aeronaves e opera 130 rotas na América Latina. É líder na Colômbia. Já a Gol tem 142 aviões e está em segundo lugar no mercado brasileiro.

Desde a sua criação, a Gol tem se destacado pela estratégia de utilização de um mesmo modelo de aeronave, no caso, o Boeing 737. A união com a Avianca, que tem como foco a gestão e a economia, poderá mudar este cenário.

A companhia colombiana conta com jatos Airbus, sendo mais 60 unidades do A320. Há também na sua frota modelos A318, A319, A321 e A330. A Avianca também voa ATR 72, Embraer 190 e Boeing 787-8.

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho