AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Gripen E próximo de entrar em serviço na Suécia

Foto: Saab

A entrada em serviço da nova geração do Gripen está próxima. Depois de passar por testes conduzidos pela própria Saab, a aeronave com matrícula 396004 foi transferida para a Base Aérea de Malmen. Ali, funcionários da empresa irão continuar a realizar testes, mas agora o caça está oficialmente sob os cuidados do Försvarets MaterielVerk (FMV), uma espécie de agência do governo sueco responsável pelo recebimento oficial de material militar.

LEIA TAMBÉM: Canadá: suecos apostam alto na maior venda do Gripen E

Os testes terão agora uma participação cada vez maior de militares da Flygvapnet, a Força Aérea da Suécia. Nesta fase, o foco é consolidar as capacidades táticas de sistemas e sensores, como o IRST, o radar e a suíte de guerra eletrônica. Os voos a partir de Malmen também vão ajudar os militares a tornarem a adoção do novo caça mais rápida.

LEIA TAMBÉM: Colômbia avalia oferta de 15 Gripen E/F

A Flygvapnet voa caças Gripen desde 1993. Porém, o novo Gripen E, também adquirido pelo Brasil, ainda é uma novidade para o país. A encomenda é de 60 unidades, com expectativa de entregas ocorrendo até o ano de 2027. Atualmente a aviação de caça da Suécia utiliza o Gripen C/D, que deve se manter na ativa mesmo com a chegada da nova geração.