AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Japão apresenta concorrentes da Embraer

Apesar de parecido, o C-2 é maior e mais pesado que o KC-390. Mesmo assim, disputa indiretamente o mercado de jatos de transporte militar
image_pdfimage_print

O Japão é concorrente do Brasil na produção de aeronaves. No Paris Air Show, que acontece esta semana na França, a Kawasaki apresenta o cargueiro militar C-2, enquanto a Mitsubishi promove os jatos regionais SpaceJet M90 e M100.

Estes últimos, com capacidade para até 92 e até 84 passageiros, respectivamente, concorrem no mesmo mercado do Embraer E175, para 88 passageiros. O M90 que passa por fase de testes de voo está em exposição em Paris. Já o M100, ainda em desenvolvimento, foi apresentado em forma de mockup da cabine.

A All Nippon Airways deve ser a primeira companhia a usar o SpaceJet

Quanto ao Kawasaki C-2, o avião é diretamente,um concorrente do A400M Atlas., que apesar de ser tuboélice tem capacidades semelhantes. Porém, com 36 toneladas de carga máxima, também acaba disputando mercado com o brasileiro KC-390, que leva até 26 toneladas.

O C-2 já teve dez unidades produzidas, dos quais uma foi transformada em aeronave de reconhecimento eletrônico. O Japão pretende operar cerca de 30 aeronaves do tipo. Porém, todos os esforços de exportação fracassaram até o momento.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros