AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

RAF demonstra capacidade logística para proteger as Malvinas (Falklands)

A400M em reabastecimento a caminho das Falklands. Foto: Royal Air Force

Apesar de a Argentina não representar atualmente uma efetiva ameaça à soberania britânica nas ilhas Malvinas (Falklands), a Royal Air Force deu mais uma mostra da sua capacidade para proteger o arquipélago. No início de agosto, pela primeira vez, um A400M Atlas fez um voo logístico para a região.

Em comunicado oficial, a Royal Air Force ressaltou a capacidade logística disponível. O A400M partiu da base aérea de Brize Norton, no Reino Unido, e fez uma escala na ilha de Ascenção antes de seguir para a base aérea de Mount Pleasant, nas Malvinas. Esta segunda etapa teve apoio de um reabastecedor Voyager (A330MRTT), sediado no arquipélago.

Foi a primeira vez em que o A400M foi reabastecido sobre o Atlântico Sul, o que permitiu um voo direto até o arquipélago. Mais de 20 toneladas de combustível foram transferidos ao longo da rota.

A400M Atlas a caminho das Falklands. Foto: Royal Air Force

LEIA TAMBÉM:

Novo radar argentino detecta aeronaves invasoras com destino às Malvinas

Malvinas recebe exercício militar do Reino Unido

Black Buck 6 – Quando a FAB interceptou um Vulcan da RAF

HMS Invicible teria sido atacado pela Argentina há 40 anos

Sheffield: há 40 anos, a Argentina fez o Reino Unido tremer

Um país transferir caças para um aliado em guerra? Aconteceu na América do Sul

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho