AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Rússia fortalece campanha para exportação de caças

Caças stealth Su-75 e Su-57

A exposição Aero India 2023 começa hoje (13 de fevereiro) tendo como destaque os caças produzidos na Rússia. Com negócios impedidos em boa parte do mundo, a companhia estatal Rosoboronexport, responsável pela exportação de tecnologia militar russa, vai reforçar ali ofertas de caças Sukhoi Su-57, Checkmate, Sukhoi Su-35, Su-30 e MiG-35, além de helicópteros de combate, como o Ka-52.

Até o dia 17, os russos pretendem conquistar o protagonismo tanto nas mesas restritas de negócios quanto nos meios de comunicação. Além de mostrar os produtos, há a meta de apresentar um novo sistema de assistência pós-venda, capaz de garantir um elevado nível de operacionalidade para as aeronaves eventualmente negociadas.

A Índia é, de fato, o principal mercado buscado pela Rússia. Porém, outros países do sudeste asiático, África e Oriente Médio também devem receber ofertas pela tecnologia russa. Os vendedores também pretendem ressaltar resulados positivos obtidos na Ucrânia.

O pacote de tecnologias a ser apresentado também inclui sistemas de defesa antiaérea, drones Orlan, helicópteros de ataque Ka-52 e Mi-28, helicópteros de transporte Mi-171, helicóptero leve Ka-226 e os reabastecedores Il-76MD.

LEIA TAMBÉM:

Rússia anuncia início da produção do Checkmate para 2027

F-35 na mira: novo comercial do Checkmate mostra potencial do caça russo

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho