AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

United prevê perder até 70% da receita

Foto: United
image_pdfimage_print

As empresas aéreas entraram em alerta total. A United Airlines se prepara para uma “relativamente curta, mas profunda” crise causada pela disseminação do novo corona vírus.

A empresa prevê queda das receitas em até 70% nos meses de abril e maio. Em junho, a redução deve ser de 60%. Para julho e agosto a previsão é de 40%. Setembro e outubro devem ter uma redução de 30%. Já próximo do fim do ano, novembro e dezembro devem ter quedas de 20% na receita, quando comparados com valores de fevereiro.

O plano é cortar voos mensalmente até haver sinais concretos de retorno da demanda. Porém, hoje, o cenário é o contrário: as reservas para Ásia e Europa praticamente desapareceram, havendo também uma queda de 25% da venda de passagens para o mercado doméstico.

Você já assistiu à série #Sextou?! Confira as melhores dicas culturais da aviação!

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros