AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Começam a faltar peças para os F-5 de Taiwan

Em Taiwan, o F-5 complementa os F-16, Mirage 2000 e F-CK-1 em operação

O Brasil não é o único país a ainda utilizar o F-5 em sua Força Aérea. Coreia do Sul, Estados Unidos, Suíça, Tailândia e Taiwan ainda empregam o jato, porém este último começou a ter problemas para manter a frota no ar. Agora, com o apoio direto dos EUA, poderá haver até a fabricação de componentes para manter os jatos operacionais.

Taiwan recebeu 242 F-5E e 66 F-5F entre 1974 e 1976, dos quais ainda estão na ativa 20 F-5E, 31 F-5F e cinco RF-5E, versão de reconhecimento com nariz modificado com câmeras. Outros 142 estão estocados.

Para fornecer as peças ao aliado asiático, no fim do ano passado, o Proven Aircraft Program Office da US Air Force buscou informações com empresas para o fornecimento de 45 tipos de sobressalentes, indo de tanques de combustível a sistemas eletrônicos. Sem nenhuma empresa apresentar propostas, o escritório partiu para uma nova tentativa de negociação. O atual pedido envolve um total de 1.771 componentes.

Há atualmente cerca de 500 F-5 em operação ao redor do mundo. No Brasil, com a modernização, vários componentes, sobretudo eletrônicos, foram substituídos por outros mais modernos e com maior disponibilidade no mercado. Um total de 49 aeronaves, sendo 43 F-5E e 6 F-5F foram atualizados para o padrão F-5EM e F-5FM. Outros 8 F-5 adquiridos usados da Jordânia foram mantidos como fonte de peças de reposição.

Conheça as páginas da revista ASAS no Facebook e no Instagram e acompanhe diariamente notícias sobre Aviação!

Sobre o autor

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Nova edição da ASAS!!!

Nova edição da ASAS!!!

Lançamento!

Lançamento!

SAAB

SAAB

Últimas notícias

Parceiro

Fórum ASAS

Carrinho