AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Após Irã se aproximar do Su-35, Israel solicita mais caças F-15

O Ministério da Defesa de Israel apresentou ao governo dos Estados Unidos uma solicitação formal para a aquisição de 25 caças Boeing F-15. Neste caso, seriam jatos F-15 EX Eagle II, a nova versão que traz melhorias como novo radar AESA, estrutura reforçada, maior carga bélica, sensor IRST e sistemas avançados de guerra eletrônica.

Mesmo ainda sem a aprovação norte-americana, os israelenses já chamam as novas aeronaves de F-15 IA e falam em modernizar para o novo padrão outras 25 aeronaves F-15 I, com cerca de 12 anos de uso. Estes se tornariam os F-15 I+.

O pedido formal ocorreu dias após a confirmação pública de que o Irã deve receber novos Sukhoi Su-35 da Rússia ainda neste semestre. Serão 24 aeronaves, que devem formar a principal linha do poder aéreo iraniano, contando com as mais avançadas peças do arsenal russo.

O Su-35 é a versão mais avançada do Flanker. Foto: Andrei Shmatko

O principal motivo para Israel querer ampliar e melhorar sua frota de F-15 é o poder de fogo dessa nova versão do caça. Um F-15EX leva até 22 mísseis ar-ar, contra seis de um F-35. Para missões de ataque ao solo, a capacidade bélica é a maior da frota.

Atualmente, Israel te cerca de 25 F-15 A/B, 15 F-15 C/D e 25 F-15 I em serviço. Há também aproximadamente 230 caças F-16 C/D/I e 30 F-35 I em operação.

Dois F-15D israelenses durante uma Red Flag Foto: KEVIN J. GRUENWALD / USAF

LEIA TAMBÉM:

F-15EX Eagle II e F-15QA avançam

USAF investe US$ 1,2 bi em 8 caças F-15EX

Novo F-15EX tem display semelhante ao do Gripen

Irã vai receber caças Su-35 da Rússia

Em 8 anos, Rússia recebeu 98 caças Su-35S

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho