AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Aviação Naval do Chile monitora navios chineses no Estreito de Magalhães

HH-65 do Chile durante um treinamento. Foto: Armada do Chile

Um helicóptero HH-65 do Grupo Aeronaval Sur Punta Arenas, da Armada do Chile, realizou nos últimos dias o acompanhamento de oito navios de bandeira chinesa que transitavam pela região do Estreito de Magalhães, uma das principais passagens entre o Pacífico e o Atlântico, no extremo sul do continente. De acordo com o comunicado oficial, o objetivo foi “resguardar os interesses nacionais e a proteção do meio ambiente”.

Em comunicado oficial, a Armada informou ter utilizado diversos meios para o monitoramento dos navios de pesca, desde a rede de faróis até navios de controle marítimo. Ao mesmo tempo, ressaltou que essa presença de navios estrangeiros têm ocorrido anualmente. Apesar de não citar diretamente a China, o site da instituição trouxe fotos de navios com a bandeira chinesa hasteada.

Fotos: Armada do Chile

Versão militarizada do AS365 Dauphin, o HH-65 constitui a principal força de helicópteros da aviação naval chilena, com nove aeronaves em serviço, inclusive para operações embarcadas. As aeronaves têm dois motores Arriel 1C2 e atuam em missões como transporte, patrulha marítima, busca, salvamento e apoio à frota.

HH-65. Foto: Armada do Chile

LEIA TAMBÉM:

Chile realiza treinamento em região estratégica da América do Sul

Monumentos de caças Hawker Hunter geram polêmica no Chile

Peru fez exercício de guerra aérea simulada “espelhado” com treinamento chileno

Chile recebe E-3 D AWACS (dado de graça pelo Reino Unido)

F-5 completa 45 anos de serviço no Chile

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho