AVIAÇÃO COMERCIAL & PRIVADA

Embraer cresce 9% em um ano e já tem mais 383 encomendas

Embraer E175-E2 da Embraer Foto: Embraer
image_pdfimage_print

Em fase avançada de negociações para fusão parcial com a Boeing, a Embraer entregou 198 jatos em 2019, um aumento de 9% em relação a 2018. A empresa tem ainda encomendas firmes para mais 338 jatos da aviação comercial, fora o setor de aviação executiva, que também cresce.

A aeronave mais produzida pela Embraer em 2019 foi o jato regional E175, para até 88 passageiros. Ao todo, 67 aviões desse modelo foram entregues. Completam as vendas da aviação comercial cinco E190, três E195, sete E190-E2 e sete E195-E2. Ao todo, foram 89 aeronaves.

De acordo com os termos da negociação com a Boeing, assim que a parceria for aprovada, esses modelos passarão a fazer parte do portfólio da “Boeing Commercial Brasil”. Para os próximos anos já há a certeza de entrega de mais 338 jatos comerciais a serem entregues, sendo 181 E185, três E190, 16 E190-E2 e 137 E195-E2.

SAIBA MAIS: Afinal, a Embraer foi vendida?

Destaque na aviação executiva

Fora da negociação com a Boeing, o setor de aviação executiva também está bem. Foram 109 aviões entregues ao longo de 2019, com destaque para 51 modelos Phenom 300. Completam as entregas 11 Phenom 100, cinco Legacy 650, 15 Legacy 450, 11 Legacy 55, três Praetor 500 e 13 Praetor 600.

Visite a loja da Editora Rota Cultural e veja nosso acervo de
livros, edições da revista ASAS e produtos ligados à aviação!

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros