AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

F-18 Super Hornet deixará de ser produzido em 2025

Foto: Damon J. Moritz

A Boeing planeja para 2025 o fim da linha de produção do F-18 E/F Super Hornet. A fábrica localizada em Saint Louis trabalha para concluir a encomenda total de 698 unidades para a US Navy. Se até lá for conquistado mais algum cliente, a linha de montagem poderá ficar ativa até 2027.

Apesar da enorme venda para a US Navy, incluindo aí modelos F-18 E, F-18 F e EA-18 G, apenas dois outros países fizeram encomendas: a Austrália, com 24 F-18 F e doze EA-18 G, e o Kuwait, com 22 F-18E e seis F-18F. A única expectativa atual de mercado é conquistar uma venda de 26 unidades para a Índia, em um negócio disputado com o Rafale, que tem conquistado a vitória em uma série de concorrências internacionais.

Apesar de ressaltar a entrega de mais de 2.000 F-18, desde a versão A, a Boeing fez o anúncio do fim da produção com otimismo. O objetivo será focar em modernização dos F-18 em serviço e ampliar os esforços da empresa em novos projetos, como o T-7 Red Haw, o F-15 EX Eagle II,o 777X e o drone MQ-25.

LEIA TAMBÉM:

Rafale deve vencer F-18 e Gripen na disputa da Marinha da Índia

Porta-aviões dos EUA devem levar mais F-18 que F-35

Sem sucesso com o F-18, Boeing quer oferecer F-15EX à Índia

F-18 da Austrália já serão modernizados

Su-27 coloca F-18 “pra correr”

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho