AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA Sem categoria

F-35 conquista mais um operador

F-35A da USAF na linha de voo - EUA serão os maiores operadores do caça, seguidos por Japão e Reino Unido

O governo da Polônia deve assinar na próxima semana o contrato de encomenda de 32 caças Lockheed F-35A Lightning II. A venda já foi aprovada pelo Congresso dos Estados Unidos e a primeira entrega deve ocorrer em 2024. O pacote sairá a US$ 6,5 bilhões, incluindo material de apoio.

O planejamento é de que um primeiro esquadrão esteja operacional em 2026. Uma segunda unidade voará a partir de 2030. As unidades vão substituir os cerca de 28 MiG-29 e 32 Sukhoi Su-22 ainda em uso por aquele país. Esss aviões foram recebidos ainda nos tempos da União Soviética, mas a Polônia conseguiu enquadrá-los em sua nova realidade política, como aliada dos EUA e membro da OTAN.

LEIA MAIS: O F-35 vai vender tanto quanto o F-16?

Austrália, Bélgica, Coreia do Sul, Dinamarca, Estados Unidos, Holanda, Itália, Japão, Noruega e Reino Unido já confirmaram a compra do F-35. A Turquia foi expulsa do projeto por ter preferido adquirir sistemas antiaéreos russos. Já Cingapura e Grécia estão próximos de assinar contratos. Na Finlândia, o caça participa de uma concorrência e é o grande favorito.