AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

J-20 tem capacidade de lançar armamentos durante manobras com altas forças G

O caça stealth chinês J-20 é capaz de abrir seu compartimento de armamentos e fazer lançamentos mesmo durante manobras com elevada carga da chamada força G. É o que sustenta uma reportagem do jornal Global Times, da China, que conversou com pilotos de testes da aeronave.

O J-20 teria um sistema de lançamento de armas com força suficiente para ejetar os armamentos em correr o risco de serem atingidos pela própria aeronave, mesmo durante as manobras de alto desempenho. Além da segurança, isso significa poder utilizar o poder de fogo mesmo durante manobras necessárias para engajar ou fugir dos inimigos.

Aeronaves stealth como o J-20, o F-35 ou o F-22 necessitam transportar armamentos em baías internas, e não sob as asas, sob o risco de serem detectados pelos radares inimigos. Porém, há a opção de voarem de maneira tradicional, ampliando a carga bélica. Nem sempre, porém, é possível fazer o lançamento em todas as situações, o que limitaria o desempenho prático em combate.

No caso do J-20, já foi demonstrado que o compartimento de armas é grande o suficiente para levar pelo menos quatro mísseis PL-15, do tipo BVR – Beyond Visual Range, como o norte-americano AiM-120 AMRAAM. Além disso, dois  compartimentos laterais, de menores dimensões, podem levar mísseis de curto alcance PL-10.

LEIA TAMBÉM:

Caças J-20 chineses vão voar com esquadrão que combateu a USAF

J-20 Dragon ganha prêmio de agência “anti-pirataria”

China vai iniciar produção de novo motor para seus caças

Caças stealth chineses enviados para região próxima a Taiwan

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho