AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

US Navy já planeja o sucessor do Super Hornet

Concepção artística da Boeing para o futuro F/A-XX

O futuro caça da US Navy deverá voar mais longe, mais rápido e levar mais armas que os atuais F-18E/F Super Hornet. É este o resumo do que deverá vir a ser o futuro F/A-XX, a entrar em serviço na próxima década.

Os detalhes foram apresentados no documento “Navy Aviation Vision, 2030-2035”, lançado semana passada. A visão de futuro inclui a integração com grupos de drones coordenados pela aeronave tripulada.

LEIA TAMBÉM: StormBreaker: Super Hornet testa novo armamento

A imagem divulgada pela US Navy, ainda que apenas um desenho, surpreende pela aparência física semelhante ao YF-23, projeto da Nortrop derrotado pelo F-22, da Lockheed, que se caracteriza pela integração dos estabilizados verticais com os horizontais, um conceito também apresentado para o futuro caça russo Checkmate. Já a Boeing apresentou uma concepção artística ainda mais audaz.

LEIA TAMBÉM: Boeing entrega Super Hornets do Kuwait… …para a US Navy

A US Navy pretende ter a bordo dos seus porta-aviões uma combinação dos caças F-35C com os novos F/A-XX, além de um crescente número de drones. Os primeiros, de reabastecimento em voo, serão os MQ-25 Stingray. Os F-18E/F Block III também devem operar ao longo da próxima década.