AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Caças da Índia treinam no Japão pela primeira vez

Tendo em comum a tensão militar constante com a China, Índia e Japão passaram a unir esforços na área de defesa. Uma mostra do que representa essa nova cooperação foi exibida em 10 de janeiro, quando quatro caças Sukhoi Su-30 MKI-3 Flanker da Bharatiya Vayu Sena, a força aérea da Índia, chegaram à Base Aérea de Hyakuri, ao norte de Tóquio. É a primeira vez na história em que caças indianos operam a partir do Japão. E foi motivo de festa, com direito ao tradicional banho de boas-vindas.

A visita tem como foco o treinamento Veer Guardian 2023, que acontece entre os dias 12 e 16 de janeiro. Do lado japonês, participam quatro caças F-15 e quatro Mitshubishi F-2, estes últimos uma aeronave produzido localmente com base no F-16. Os indianos também levaram um reabastecedor Ilyushin Il-78 MKI e dois cargueiros Boeing C-17 Globemaster III.

O exercício representa uma oportunidade para ambos de lados de treinarem suas capacidades contra aeronaves bem diferentes das que encontram no dia a dia. No caso japonês, conhecer melhor os Sukhoi representa aprimorar as habilidades para enfrentar melhor a ameaça de centenas de caças chineses e russos que anualmente se aproximam do seu espaço aéreo. Já os indianos podem avaliar a efetividade dos seus caças contra modelos de origem ocidental.

LEIA TAMBÉM:

China duplicou a capacidade operacional do porta-aviões Liaoning, diz Japão

Japão faz 235 interceptações em três meses

Caças do Japão fizeram 725 interceptações em um ano

Japão quer constelação de 50 satélites para rastrear mísseis hipersônicos

Índia ativa seu primeiro porta-aviões nacional

Índia desponta como alternativa para manutenção de caças russos

Índia vai cancelar importações e focar na própria indústria de defesa

Índia planeja “Super” Su-30 MKI

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho