AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Colômbia luta para manter Kfir em voo

image_pdfimage_print

Modernizados, porém com células antigas e motores já ultrapassados, os caças Kfir são uma dor de cabeça para a Força Aérea da Colômbia. De acordo com notícia publicada pelo Infodefensa, dos 22 caças Kfir da frota atual, apenas seis estão plenamente operacionais.

A disponibilidade média atual é de 58,9%, o que já representa um aumento de 8,9% em comparação a julho passado. Naquele mês, catorze aeronaves voaram, acumulando 152 horas de voo.

Atualmente a Colômbia analisa propostas para aquisição de novos caças. Entre as principais opções estão o Gripen, o F-16 e o Eurofighter.

Garanta já a sua Edição 114 de ASAS!

Promoção Fim de Ano!

Novidade! Assine ASAS também na Versão Digital!

Parceiros