AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

França compra mais 42 caças Rafale F4

Rafale francês durante reabastecimento em voo. Foto: Tyler Woodward

O governo da França adquiriu mais 42 caças Rafale. Esses jatos serão todos do novo padrão F4, o mais avançado, e vão tanto servir para compensar a redução de frota ocasionada pela venda de aeronaves usadas quanto para ampliação do poder aéreo da Armée de l’air et de l’espace. As entregas começam em 2027.

A França encerrou 2023 com 41 jatos Rafale M na Marine Nationale e outros 96 na Armée de l’air et de l’espace, nome oficial da força aérea do país. O planejamento é chegar a 2030 com 225 caças Rafale, o que permitirá também a aposentadoria de 99 Mirage 2000 em serviço.

O sucesso comercial do Rafale tem dificultado a capacidade da França de obter tantos caças desse modelo quanto deseja. Isso porque, além de competir na linha de montagem com outros clientes, foram assinadas a transferência de 12 jatos para a Grécia e outros 12 para a Croácia. A vantagem, porém, é que acaba significando a troca de aeronaves da versão F3R pela F4, mais avançada.

Foto: Alan Wilson

O Rafale F4 traz várias melhorias, com destaque para o datalink avançado para a chamada “guerra centrada em redes”. Também há o emprego de inteligência artificial em apoio à manutenção, novo modo do radar RBE-2 para acompanhar alvos em movimento no solo e melhorias no sistema de autodefesa SPECTRA.

Entre as mudanças mais visíveis estão um novo sistema de mira no capacete, integração com as bombas guiadas de 1.000 quilos AASM 1000, mísseis ar-ar MICA NG e pods termais Talios. Com o Rafale F4, a França mantém a posição de única grande potência da OTAN sem caças oficialmente de quinta geração em sua frota.

A versão Rafale F4 já obteve vendas de grande porte para Indonésia (42 unidades) e Emirados Árabes Unidos (80). A Dassault também já vendeu versões anteriores do Rafale para o Catar, Índia, Grécia e Egito. Quase 300 caças desse tipo já foram produzidos até o momento. 

LEIA TAMBÉM:

Confirmado terceiro lote de Rafale para a Indonésia

Nova versão do Rafale apta para serviço operacional

França recebe nova geração de caças Rafale

Croácia recebe seu primeiro Rafale menos de 2 anos após a compra

França compra mais caças Rafale, mas exportações comprometem operacionalidade 

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho