AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

EUA quer transferir F-16 e Super Tucano para as Filipinas

Super Tucano da Força Aérea das Filipinas Foto: Ministério da Defesa das Filipinas

A parceria estratégica das Filipinas com os Estados Unidos deve resultar no reforço da força aérea do país do leste asiático. A Hukbong Himpapawid ng Pilipinas recebeu oferta do Pentágono de doze caças F-16. Como a ideia é fazer a entrega rápido, o mais provável é se tratar de aeronaves das versões C/D usadas.

Atualmente, as aeronaves de combate mais avançadas à disposição do país são doze KAI FA-50 Fighting Eagle, utilizados para tarefas de ataque e de defesa aérea. Os F-16 assumiriam a ponta de lança e ajudariam os EUA e seus aliados na contenção da influência e presença da China na região. A transferência dos caças também representaria o fim do projeto seletivo para a compra de vetores de defesa aérea, eliminando o Saab JAS-39 Gripen.

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos também solicitou ao Congresso Nacional a autorização para fazer a doação dos três A-29B Super Tucano adquiridos pela United States Air Force para avaliação operacional. As aeronaves não entraram em serviço efetivo, serão aposentadas em 2024 com poucas horas de voo e poderiam reforçar a frota de meia dúzia de Super Tucano já em operação nas Filipinas.

LEIA TAMBÉM:

EUA levam caças F-22 para as Filipinas

F-16 e Gripen batalham para conquistar as Filipinas

Filipinas já quer comprar mais Super Tucanos

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

Carrinho