AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

USAF vai desativar dezenas de aeronaves em 2023, mas Congresso veta aposentadoria de caças F-22

Foto: Ben Bloker

A United States Air Force (USAF) deve desativar dezenas de aeronaves ao longo de 2023, incluindo caças F-15 e F-16 de versões mais antigas e parte da frota de jatos de ataque A-10. Porém, ao aprovar o novo orçamento, o Congresso dos EUA vetou a aposentadoria de 30 F-22 Raptor.

Os Raptor ficariam estocados, sob a justificativa de reduzir os custos operacionais e de que são aeronaves de lotes iniciais, que têm alguns componentes distintos do restante da frota. Ainda assim, o National Defense Authorisation Act para 2023 considera relevante manter disponível para uso imediato toda a frota de F-22. Atualmente, são 177 aeronaves na ativa da USAF.

Porém, estão garantidas as retiradas de serviço de centenas de F-15 e F-16 de versões iniciais, de 20 A-10 Thunderbolt II, oito E-8 C Joint Stars, um EC-130H Compass Call, três EC-130J, dez reabastecedores KC-130A Extender, doze HH-60G Pave Hawk e 12 KC-135. Há a possibilidade de parte desse pacote acabar transferido para países aliados.

Ao mesmo tempo, prosseguem os investimentos em novas aquisições, com destaque para o F-35 e para projetos futuros, como é o caso dos substitutos dos E-3 e o caça de defesa aérea conhecido pela sigla NGAD.

Foto: Alfredo Rosado

Força conjunta de EA-18G

Os 152 caças EA-18G Growler da US Navy, especializados em guerra eletrônica, foram outro foco da decisão legislativa. Apesar de aeronaves mais modernas, como o F-35, poderem desempenhar as mesmas missões, as forças armadas dos EUA deverão manter os EA-18G em serviço.

A expectativa é a de manter os EA-18G em serviço pelo menos até 2027. Para isso, foram elencadas possibilidades que incluem até a operação conjunta da US Navy com a USAF, envolvendo inclusive unidades da Guarda Aérea Nacional.

LEIA TAMBÉM:

Congresso dos EUA quer aumentar em 37 bilhões o investimento militar em 2023

Força Aérea mais poderosa do mundo chega aos 75 anos com foco na renovação

Avança desenvolvimento de novos caças e bombardeiros dos EUA

US Navy já planeja o sucessor do Super Hornet

Pentágono quer mais F-35 e F-15EX, menos F-16, KC-135 e A-10

B-21 Raider é apresentado com foco na renovação da frota estratégica da USAF

USAF enfrenta dificuldades com sua frota AWACS

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho