AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Persuader avança no mercado internacional

Foto: Airbus

Designado pela Força Aérea Brasileira como C-105 Amazonas, e informalmente chamado por aqui de “Casa”, nome da companhia hispânica incorporada pela Airbus em 2009, o C-295 vem conquistando espaço com a sua versão de patrulha marítima. Argélia, Angola, Argélia, Chile, Irlanda, Omã e Portugal já adotaram o modelo MPA, sigla para Maritime Patrol Aircraft, batizado comercialmente de Persuader.

A última venda da Airbus foi de um par para Angola, que também adquiriu uma unidade de transporte – é comum haver compras dos dois modelos, já que há uma série de similaridades. Equipado com o sistema FITS – Fully Integrated Tactical System (FITS), semelhante ao instalado nos P-3AM Orion da Força Aérea Brasileira no processo de modernização, o C-295 MPA Persuader pode cumprir missões de busca e salvamento, patrulha marítima, combate antisuperfície, inteligência e reconhecimento, entre outros. As aeronaves de Angola também contam, na cabine com aviônicos da linha Collins Aerospace Pro Line Fusion.

Com essa compra, a Força Aérea Nacional de Angola se torna a 38ª operadora militar do C-295. Um dos maiores é a Índia, que encomendou 56 C-295W para sua força aérea e seis para a guarda costeira. O Brasil encomendou o total de 15 unidades, sendo doze de transporte e três de busca e salvamento. Todas são operadas pela Força Aérea Brasileira.

LEIA TAMBÉM:

Índia se tornará maior operador de C-295

FAB encomenda terceiro C-295 SAR

C295 para AEW e patrulha marítima

REVO: Aviões de busca e salvamento da FAB vão dobrar o tempo de voo

Nova opção de REVO de baixo custo

NOVA EDIÇÃO DA ASAS! PRÉ-VENDA!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho