AVIAÇÃO MILITAR & DEFESA

Países da OTAN trocam acusações de invasão do espaço aéreo

Grécia e Turquia são países-membros da OTAN desde 1952, mas a rivalidade entre os povos remete à idade antiga e já levou a guerras, sendo a última finalizada em 1922, e tensões indiretas, como no Chipre. Agora, mais uma vez, há acusações sobre violação do espaço aéreo.

A Turquia acusou a Força Aérea da Grécia de ter invadido o seu espaço 30 vezes somente na semana passada, em um intervalo de 72 horas. O ministro das relações exteriores turco, Tanju Bilgic, classificou os voos como “provocadores”. Por outro lado, o primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, informou à OTAN que aeronaves turcas também têm sobreavoado ilhas gregas sobre o Meu Egeu.

A Grécia vive um processo de intensa modernização da sua força aérea. Além de estudar a aquisição dos caças F-35, o país iniciou a modernização de 84 dos seus F-16C/D Block 52 para o padrão F-16V Block 72. Também houve a aquisição de 24 caças Rafale F3-R.

Por outro lado, com cerca de 200 caças F-16C/D, a Turquia ainda recebe apoio dos aliados do Ocidente, mas relações ficaram deterioradas após a ascensão ao poder de Recep Tayyip Erdoğan, em 2003.

LEIA TAMBÉM:

Treinando com o inimigo? Grécia e Turquia unem forças no Mar Negro

Grécia compra mais Rafale

Rafale será entregue para a Grécia menos de 6 meses após assinatura do contrato

Grécia vai pagar US$ 1,6 bi para ter pilotos de caça treinados nos padrões de Israel

Grécia quer F-35 com urgência

Rafale, F-35, F-16V e Mirage 2000-5: Grécia prepara sua liderença

Se EUA barrarem F-16, Turquia deve levar jatos Sukhoi

Turquia pronta para operar sistema antiaéreo russo S-400

Turquia mais próxima de caças russos

NOVA EDIÇÃO DA ASAS!

USE O CUPOM: FRETE GRÁTIS

Carrinho